Produção de conteúdo
Design editorial: credibilidade e construção de marca em jornais
11 de Julho de 2019
comunidades

Quem acha que o jornal impresso morreu, está muito enganado. Desde 2017, realizamos mais de 40 projetos de Design Editorial nos jornais Zero Hora e Diário Catarinense - alguns em formato de publieditorial. Citacao Case Mare V1

Em tempos em que as "Fake News" ganham força, a credibilidade dos veículos tradicionais tem gerado mais segurança para marcas e anunciantes, que apostam nessas empresas para alcançar audiência. Em uma pesquisa produzida por IPG Media Lab e Syracuse University para a Forbes, 43% das pessoas se disseram favoráveis aos anunciantes quando impactadas por branded content, em contrapartida a 36% da amostra que mencionou publicidade digital de modo geral. Também, 43% se lembraram espontaneamente de campanhas de conteúdo de marca.

Alinhando dedicação e organização, nossas publicações impressas têm como objetivo contar histórias de verdade e, acima de tudo, levar informações relevantes aos leitores. Assim, a marca que contratou o serviço tem a garantia de um conteúdo que a valorize, ao mesmo tempo que atinge pessoas de uma forma eficiente e impactante.

Nossa estreia no impresso foi no primeiro semestre de 2017, com o caderno “Sou Saúde”, feito para o Diário Catarinense, de Santa Catarina. Em seguida, já no segundo semestre de 2017, produzimos o caderno do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP), para a Zero Hora, no Rio Grande do Sul. Dobradinha que se repetiu, também, em 2018.

Conforme a gerente de Negócios do Grupo RBS, Rafaela Zang, os cadernos comerciais da Zero Hora têm um grande diferencial para o anunciante:

Ali, através do conteúdo, ele passa a mensagem mais clara e mais detalhada dos seus serviços ou produtos. É uma forma de explicar a sociedade o produto de maneira não de venda direta, mas de interesse pela importância que ele faz na vida de cada um de nós.

E os resultados acabam sendo positivos para todo mundo. Tanto para o cliente que contratou o serviço, e que divulga sua marca através de um conteúdo sério, informativo e com credibilidade; quanto para a nossa equipe, que a cada publicação, aprende e se qualifica cada vez mais.

Por que investir em Design Editorial?Cadernos Case Mare Opcao 02 V1


Vivemos em um mundo onde o acesso à informação é constantemente amplificado pelo digital. Muitas vezes, nem precisamos ir atrás da notícia. Ela chega de forma contínua através de notificações de mensagens no WhatsApp, do nosso feed de notícias no Facebook ou no Twitter. Mesmo assim, quando todos os holofotes estão voltados para a internet, uma importante informação para traçar estratégias de marketing mais eficazes pode ser encontrada exatamente no papel.

De acordo com uma pesquisa desenvolvida pelo grupo de mídia alemão Score Media, nenhum outro formato tem tanto impacto publicitário quanto o anúncio impresso em jornais. Intitulado Faktor Print, o estudo ouviu especialistas e leitores, além de ter questionado os hábitos de leitura de mais 7,5 mil pessoas online. Entre os entrevistados que leem jornais, 69% afirmam não desempenhar nenhuma atividade paralela à leitura – em contraste à possibilidade para a execução de tarefas simultâneas que a televisão, a internet ou o rádio permitem.

Os autores do estudo argumentam que a própria essência do formato direciona a atenção do leitor ao conteúdo publicado, de modo que a absorção de informações acontece de forma mais efetiva. Para se ter ideia, a pesquisa indica que 80% dos leitores de jornais se lembram das marcas anunciadas nas publicações. Além disso, o jornal impresso continua sendo sinônimo de informação séria e confiável, destacando-se por sua proximidade regional única e a sua profunda conexão com os leitores.

Foco nas histórias de verdade

De acordo com a diretora da Maré, Luiza Gaidzinski Carneiro, um dos maiores desafios enfrentados pela equipe nas produções foi alinhar qualidade com agilidade, uma vez que os prazos de produção e entrega costumam ser curtos. Ainda, todos os envolvidos no processo precisam ter muita habilidade em texto, revisão e diagramação.

Nosso principal desafio é conseguir deixar o conteúdo equilibrado: não muito comercial, mas valorizando a marca que comprou a publicação; bastante informativo, sem ser um texto denso, longo e difícil de ler; um design atraente, para destacar e não brigar com editoriais do jornal ou anúncios. Tudo deve estar em plena harmonia – destaca Luiza.

O produtor de conteúdo Marcos Carvalho, responsável pelos textos e edições dos cadernos, também ressalta a importância da apuração neste tipo de publicação.

Uma tendência mundial para o jornalismo é se conectar com comunidades ou grupos específicos, e as publicações impressas são um meio que possibilita chegar nesse objetivo. Quando trabalhamos no projeto de um caderno, imergimos na cultura do público-alvo desde as sugestões de pauta até a diagramação – e isso nos permite trazer o lado humano para as publicações e contar histórias de verdade.

Contato com a verdade da marca garante resultados positivos

São mais de 40 cadernos produzidos sobre os mais diversos temas pelo período de três anos. Trabalhamos para feiras como a Expointer, a Expofeira e a Coopatrigo, além de termos desenvolvido conteúdos para entidades e associações como o Sebrae, a ADVB e a ABRH. A integração e o contato direto com a empresa que investiu no projeto é essencial.

Os segredos para que tudo saia conforme o planejado e a publicação seja entregue com sucesso? Um processo de produção muito alinhado e uma equipe de produção envolvida em todas as etapas. E a gente compartilha aqui o passo a passo para que isso seja possível:Info Case Mare V1

mail amigo
Team maré |
11 de Julho de 2019
Mare Conteudo inverse
icon insta 250 icon face 250
receba as novidades